• Susana de Sousa

Uma chave pequena e quase invisível


Os problemas existem na nossa vida. É um facto.


Existem para que possamos evoluir e tornarmo-nos mais conscientes. Cada dificuldade traz a possibilidade de uma resolução e de mais autoconhecimento.


Imagina que o problema é uma prisão: algo que te aprisiona e que impede os teus movimentos.


Quantas vezes nos encontramos num estado em que parece que estamos aprisionados?


Queremos uma mudança e nada acontece. A situação asfixia-nos. Prisões emocionais, prisões financeiras, prisões no nosso corpo sob a forma de doenças...


O que fazemos? Geralmente vamos à procura da solução e afastamo-nos da raiz do problema, tal é a ânsia de sairmos da prisão.


Começamos a ficar perdidos nos pensamentos que ainda reforçam mais o problema.


Por exemplo, se o problema é falta de dinheiro, estamos constantemente a pensar na “falta de dinheiro” e é precisamente essa informação que fica registada no nosso ADN, atraindo para nós ainda mais “falta de dinheiro”.


A chave para resolver os nossos problemas é pequena e quase invisível.


Não a vemos, porque andamos à procura no sítio errado.


É que nem precisamos de nos mover. Aliás, quanto mais parados ficarmos, mais facilmente acedemos à chave.


Gostaria de propor-te um exercício:


· Pensa numa situação que precises de revolver


· Respira fundo algumas vezes e leva a atenção para o centro do teu peito, no interior do qual se encontra uma gaiola


· Coloca no interior da gaiola uma imagem que represente o teu problema (podes imaginar-te em miniatura ou encontrar um símbolo que represente a situação)


· Fecha a gaiola


· Imagina que a chave para resolver o problema se encontra a pairar um pouco acima da tua cabeça


· Permanece imóvel durante uns instantes


· Visualiza a chave a descer suavemente até chegar à altura do teu peito


· Assim que a conseguires agarrar, utiliza-a para abrir a gaiola


· Deixa que o teu problema se liberte


· Fica durante uns momentos a sentir a sensação de libertação


Podes repetir este exercício diariamente, até que o teu inconsciente fique com a nova informação gravada.


À medida que vais sentindo a libertação, todas as tuas células passam a vibrar numa nova frequência.


É como se agora dissesses ao Universo que estás livre do problema e, mesmo que ainda não estejas, vais atrair situações que estão em ressonância com esse novo campo energético.


O mais interessante, é que nessa nova frequência vais ter possibilidade de vislumbrar mais chaves, cada vez mais pequenas e invisíveis.


Em breve, sentirás uma satisfação profunda por conseguires libertar-te de todos os problemas e conseguirás ajudar os outros por simplesmente emanares essa nova frequência.



* ilustração de Catrin Welz-Stein


Se quiseres receber gratuitamente exercícios e meditações, subscreve a minha newsletter.


>> Subscreve aqui a newsletter

35 visualizações
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

© 2017 YourSELFstory

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now